Esperando na Janela





Seja bem vindo (a)! Espaço criado para expôr e trocar ideias.
Compartilhar informações, pensamentos, sentimentos e inspirações...



Trabalho:
Meu trabalho - Bit Info e Design




Link me:














Sites que Visito:




Dia e Hora:






Faço Parte:




































































Visitas:




Arquivo:

+ veja mais


No ar desde 24|Out|2010



Layout:
Luh Gosselen



08/02/2012

 

Desamor ao próximo

Hoje o cenário da música brasileira perdeu Wando. Com sua irreverência e manias famosas e autênticas, o cantor arrebatou multidões que, para sempre serão seus fãs.

O que me faz escrever hoje não é exatamente sobre a perda, mas sim sobre os comentários maldosos que são lançados pelo mundo a fora com a ajuda da implacável internet, sobre a morte de artistas e celebridades.

As "piadinhas" que fazem com os que morrem são simplesmente nojentas. Agora um ser muito "criativo" lançou na rede que "Wando não morreu, foi buscar a calcinha da Amy Winehouse." Podre!

Acho que as criaturas que inventam tais piadas de mau gosto nunca perderam um parente, ou será que eles têm amor por alguém?

Sou contra a censura, mas creio que deve haver bom senso e limites no humor do Brasil. Piadas e comentários maldosos vem sendo motivos até de processos judiciais, por tamanha falta de respeito.

Podem me chamar de radical e intolerante, mas não aceito certas coisas. Gosto muito do CQC, mas admito que eles exageram e muito. Os novos humoristas parecem não ter sentimentos, e os pseudo-humoristas da internet também não.

"Desamor ao próximo" é algo "normal" nos dias de hoje...é uma frieza incrível. Mas isso já era previsto para o fim dos tempos...

"E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará." [Mateus 24.12]

Que Deus me conceda a bênção de não estar incluida nesse "muitos". Quero estar fora disso e ter muito amor ao próximo!

Fiquem com Ele, e até a próxima. Beijos ♥





Escrito por Luciana 11h35

[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Obrigada pela visita, volte sempre!